Construção e validação de um instrumento para avaliação clínica e psicossocial de sobreviventes da UTI

Construction and validation of na instrument for clinical and psychosocial evaluation of ICU survivers

  • Tarcisio Vitor Augusto Lordani Unioeste
  • Jaquilene Barreto Costa Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE)
  • Claudia Regina Felicetti Lordani Hospital Universitário do Oeste do Paraná
  • Daniela Prochnow Gund Hospital Universitário do Oeste do Paraná
  • Cristiana Godoy Sartori Zimmer Hospital Universitário do Oeste do Paraná
  • Suely Mariko Ogasawara Hospital Universitário do Oeste do Paraná
  • Pericles Almeida Delfino Duarte Hospital Universitário do Oeste do Paraná
  • Yara Jamal Faculdade Assis Gurgacz (FAG)
Palavras-chave: Estudos de validação. Unidades de Terapia Intensiva. Qualidade de vida

Resumo

Objetivos: Descrever a elaboração de um instrumento de avaliação clínica e psicossocial de pacientes pós alta da UTI, submetê-lo ao processo de validação de conteúdo e, verificar a aplicabilidade do instrumento na população alvo. Metodologia: Estudo de desenvolvimento metodológico, fundamentado no modelo de validação de conteúdo de Pasquali (1998), realizado em três etapas: construção dos itens, avaliação do instrumento por um painel de especialistas nas áreas de enfermagem, fisioterapia, nutrição, psicologia e serviço social e, por fim, a análise das respostas dos avaliadores por meio do Índice de Validade de Conteúdo (CVI) e o Índice de Concordância Interavaliadores (IRA). Após a validação, o instrumento foi aplicado na população alvo. Resultados: A maioria dos avaliadores possui título de doutorado (67%), com tempo médio de experiência de 17,6 ± 8,38 anos, estando a maior parte atuando na área de docência e assistência. Houve pouca discordância entre os especialistas na análise das questões de acordo com os domínios do construto. A maioria dos itens foi avaliada positivamente, recebendo uma pontuação acima de 80%, obedecendo ao critério de validação do instrumento. Os itens que não atingiram esta pontuação foram reformulados e/ou excluídos. A versão final do inquérito foi aplicada em um grupo de pacientes pós alta da UTI e mostrou-se satisfatoriamente compreensível indicando validade semântica. Conclusão: O instrumento obteve uma avaliação global positiva em relação aos quesitos propostos sendo considerado válido no que se refere ao conteúdo e à aplicabilidade na população de pacientes seis meses após a alta da UTI.

Biografia do Autor

Claudia Regina Felicetti Lordani, Hospital Universitário do Oeste do Paraná

 

 

 

Daniela Prochnow Gund, Hospital Universitário do Oeste do Paraná

 

 

 

Cristiana Godoy Sartori Zimmer, Hospital Universitário do Oeste do Paraná

 

 

Suely Mariko Ogasawara, Hospital Universitário do Oeste do Paraná

 

 

 

Pericles Almeida Delfino Duarte, Hospital Universitário do Oeste do Paraná

 

 

 

Publicado
2020-08-26
Como Citar
LORDANI, T. V.; COSTA, J.; LORDANI, C. R.; GUND, D.; ZIMMER, C.; OGASAWARA, S.; DUARTE, P.; JAMAL, Y. Construção e validação de um instrumento para avaliação clínica e psicossocial de sobreviventes da UTI. Revista Enfermagem Atual In Derme, v. 93, n. 31, p. e-020020, 26 ago. 2020.
Seção
ARTIGO ORIGINAL