Percepção dos pacientes com doença renal crônica acerca dos cuidados pré-operatórios na confecção da fístula arteriovenosa

Palavras-chave: Insuficiência Renal Crônica, Fístula Arteriovenosa, Enfermagem

Resumo

O presente estudo objetivou-se compreender a percepção dos pacientes com Doença Renal Crônica (DRC) acerca dos cuidados pré-operatórios na confecção da Fístula Arteriovenosa (FAV). Trata-se de um estudo descritivo exploratório, com abordagem qualitativa, aplicando-se a Teoria da Adaptação de Callista Roy, a qual compreende o indivíduo como um sistema adaptativo e holístico. A pesquisa foi realizada em uma Clínica de Hemodiálise situada no município de Maracanaú-CE. Participaram 12 Pacientes com DRC em hemodiálise que possuem FAV, a coleta de dados foi realizada no período de setembro a novembro de 2018, utilizando-se um roteiro de entrevista semiestruturada, em forma de gravação. Seguindo a análise do conteúdo, criou-se com os dados a apreensão de três categorias temáticas: “Déficit de orientação antes da cirurgia”; “Medo” e “Desinformação”. Em suma, concluímos que a percepção dos pacientes do paciente com DRC, acerca dos cuidados pré-operatórios da confecção da FAV, permeou o sentimento de medo, ansiedade, relacionada à falta de informação, mostrando que é de suma importância abordagens esclarecedora a respeito da doença e quanto é essencial o início dos cuidados antes da confecção da FAV até o manejo desse acesso, com a finalidade de prolongar o funcionamento deste acesso e evitar complicações futuras.

Biografia do Autor

Lais Cristine Agostinho Saraiva, Universidade de Fortaleza (UNIFOR)

Acadêmica de enfermagem, Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Fortaleza-Ce.

Iago Oliveira Dantas, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Acadêmico de enfermagem, Universidade Federal do Ceará (UFC). Fortaleza-Ce.

Islene Victor Barbosa, Universidade de Fortaleza (UNIFOR)

Enfermeira. Doutora em Promoção da Saúde pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Docente do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e Docente do Mestrado Profissional Tecnologia e Inovação em Enfermagem (UNIFOR). Enfermeira do Instituto Dr José Frota. Fortaleza-Ce.

Rita Mônica Borges Studart, Universidade de Fortaleza (UNIFOR)

Enfermeira. Doutora em Promoção da Saúde pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Docente do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e Docente do Mestrado Profissional Tecnologia e Inovação em Enfermagem (UNIFOR). Enfermeira do Hospital Geral de Fortaleza. Fortaleza-Ce.

Ires Lopes Custódio

Enfermeira. Doutora em Promoção da Saúde pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Enfermeira do Hospital Dr Carlos Alberto Studart. Fortaleza-Ce.

Kiarelle Lourenço Penaforte, Universidade de Fortaleza (UNIFOR)

Enfermeira. Mestre em Saúde Pública pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Docente do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Fortaleza-Ce.

Publicado
2020-08-31
Como Citar
SARAIVA, L. C.; DANTAS, I.; BARBOSA, I.; STUDART, R. M.; CUSTÓDIO, I.; PENAFORTE, K. Percepção dos pacientes com doença renal crônica acerca dos cuidados pré-operatórios na confecção da fístula arteriovenosa. Revista Enfermagem Atual In Derme, v. 93, n. 31, p. e-020024, 31 ago. 2020.
Seção
ARTIGO ORIGINAL