Vitamina E e Nanopartículas Lipídicas Sólidas (NLSs): parceiras na cicatrização da ferida diabética.

  • Ana Flavia Marçal Pessoa, Ph.D Programa de Pós-Graduação em Anestesiologia, Ciências Cirúrgicas e Medicina Perioperatória – FMUSP, LIM26, Departamento de Cirurgia, Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo-FMUSP. https://orcid.org/0000-0003-3979-1607
  • Bruna Karla Do Amaral, Msc student Programa Multicêntrico de Ciências Fisiológicas, Laboratório de Neurobiologia da Dor e Inflamação – LANDI, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
  • Maria Da Conceição Baldini Benevides Blanck, B.Sc Presidente da Sociedade Brasileira de Feridas e Estética (SOBENFeE), Presidente da Sociedade Hibero-Latino Americana em Úlceras e Feridas (SILAUHE).
  • Silvia Sousa de Silva, B.Sc Equipe Cirurgia Vascular. Hospital Regional do Baixo Amazonas do Pará Dr. Waldemar Penna. Santarém-PA
  • Adelso Aparecido Pedrosa, B.Sc Equipe Cirurgia Vascular. Hospital Regional do Baixo Amazonas do Pará Dr. Waldemar Penna.
  • Camila Safranski Martins, B.Sc Coordenadora de Enfermagem do Hospital de Campanha Microrregional Ecleia Wolf e Coordenadora Epidemiológica da Pandemia de Covid-19 no Município de Corbélia/PR
  • José Pinhata Otoch, Ph.D Programa de Pós-Graduação em Anestesiologia, Ciências Cirúrgicas e Medicina Perioperatória – FMUSP, LIM26, Departamento de Cirurgia, Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo-FMUSP https://orcid.org/0000-0002-8293-1508
Palavras-chave: Diabetes, Feridas, Vitamina E, Nanocarreadores Lipídicos Sólidos (NLS), Estresse Oxidativo

Resumo

  O pé diabético acomete de 4 a 10%   dos pacientes diabéticos por ano, e apresenta um alto índice de amputação e mortalidade (39-80%).  O diabetes mellius (DM) está dentre as doenças crônicas que aumentam a geração das espécies moleculares reativas de oxigênio (EROs) pela oxidação da glicose. O uso de antioxidantes associados a nanocarreadores lipídicos é uma ferramenta promissora no tratamento da cicatrização diabética deficiente. O objetivo dessa mini-review é apresentar o mecanismo fisiopatológico e como a vitamina E atua na prevenção e tratamento da ferida diabética, assim como os nanocarreadores lipídicos sólidos (NLS) associados a vitamina E podem auxiliar acelerando o processo de cicatrização deficiente da ferida diabética.

 

Publicado
2021-02-04
Como Citar
1.
Pessoa AF, Amaral B, Blanck MDC, Silva S, Pedrosa A, Martins C, Otoch J. Vitamina E e Nanopartículas Lipídicas Sólidas (NLSs): parceiras na cicatrização da ferida diabética. REAID [Internet]. 4fev.2021 [citado 28fev.2021];95(33):e-21023. Available from: http://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/786
Seção
ARTIGO DE REVISÃO