Ocorrência de infecções sexualmente transmissíveis e o uso do preservativo masculino por detentos

Palavras-chave: Doenças Sexualmente Transmissíveis; Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde; Preservativos; Prisioneiros; Saúde sexual.

Resumo

Objetivo: Verificar a associação entre a história pregressa de ocorrência de infecção sexualmente transmissível com o conhecimento, a atitude e a prática dos detentos acerca do uso de preservativo masculino. Método: Trata-se de um estudo descritivo-exploratório, transversal, quantitativo, realizado com 169 detentos de uma penitenciária piauiense. A coleta dos dados se deu entre dezembro de 2018 a dezembro de 2019 por meio da aplicação de dois instrumentos. Os dados foram tabulados e analisados no software Statistical Package for the Social Sciences, versão 20.0. A pesquisa foi aprovada por Comitê de Ética em Pesquisa, parecer nº 2.948.435. Resultados: 138 (81,7%) detentos afirmaram que nunca tiveram infecções sexualmente transmissíveis (IST) e o conhecimento e a prática deles quanto ao uso do preservativo masculino foram considerados inadequados, respectivamente, 158 (93,5%) e 130 (76,9%), somente a atitude foi adequada, 87 (51,5%). Não houve associação estatística significativa entre a ocorrência de IST e o conhecimento, atitude e prática (p>0,005), mas, entre os que tiveram IST, a maioria teve conhecimento, atitude e prática inadequados, simultaneamente, 35 (20,7%), 19 (11,2%) e 31 (18,3%). Conclusão: É necessário o desenvolvimento de ações de educação em saúde para promoção da saúde sexual e a diminuição de IST nesse público.

Biografia do Autor

Francisco de Assis Viana dos Santos, Universidade Federal do Piauí

Acadêmico de Enfermagem, do Campus Amílcar Ferreira Sobral, da Universidade Federal do Piauí. Membro do Grupo de Pesquisas e Estudos sobre Violência e Saúde Sexual e Reprodutiva.

Alice de Sousa Ventura, Universidade Federal do Piauí

Acadêmica de Enfermagem, do Campus Amílcar Ferreira Sobral, da Universidade Federal do Piauí. Membro do Grupo de Pesquisas e Estudos sobre Violência e Saúde Sexual e Reprodutiva.

Sayane Daniela Santos Lima, Universidade Federal do Piauí

Enfermeira, egressa do Campus Amílcar Ferreira Sobral, da Universidade Federal do Piauí.

Jardeliny Corrêa da Penha, Universidade Federal do Piauí

Doutora em Enfermagem. Docente do Curso de Graduação Bacharelado em Enfermagem, do Campus Amílcar Ferreira Sobral, da Universidade Federal do Piauí. Líder do Grupo de Pesquisas e Estudos sobre Violência e Saúde Sexual e Reprodutiva.

Publicado
2021-01-21
Como Citar
1.
Santos F de A, Ventura A, Lima SD, Penha J. Ocorrência de infecções sexualmente transmissíveis e o uso do preservativo masculino por detentos. REAID [Internet]. 21jan.2021 [citado 28fev.2021];95(33):e-21009. Available from: http://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/921
Seção
ARTIGO ORIGINAL