Estimativa de custos com internações de pacientes vítimas de sepse: Revisão Integrativa

Palavras-chave: Custos. Internações. Sepse.

Resumo

A sepse é definida como uma síndrome da resposta inflamatória sistêmica, que ocorre quando a resposta do organismo não se dá de maneira eficiente para combater a infecção, podendo evoluir para sepse grave, quando associada à disfunção orgânica ou ao choque séptico. O estudo objetiva investigar na literatura, o custo médio com internações de pacientes vítimas de sepse ou choque séptico no Brasil. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura realizada nas bases de dados: LILACS, MEDLINE, CINAHAL e COCHRANE. Os DeCs utilizados foram: Diagnóstico, Sepse e Análise de custo. Quanto aos MeSHs: Diagnosis, Sepsis , Cost e Cost Analysis, utilizando-se o operador booleano AND. Foram incluídos 10 artigos para compor a amostra dessa revisão.  Os estudos corroboram que a sepse representa um fardo econômico grande.  Estimando-se que sejam gastos cerca de R$ 3.692,421,00 no Brasil por ano com pacientes vítimas de sepse, destacando que o custo varia de acordo com o tempo de internação e que o diagnóstico precoce pode minimizar o tempo de estadia dos pacientes e consequentemente, custos.  Conclui-se que a sepse é um problema frequente, de alta letalidade e que gera um elevado custo aos cofres públicos e privados, e que há carência de estudos na área.

Biografia do Autor

Marcia Eduarda Nascimento dos Santos, Universidade Regional do Cariri

Acadêmcia de Enfermagem da Universidade regional do Cariri-URCA

Sara Teixeira Braga, Universidade Regional do Cariri

Acadêmica de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri - URCA.

Gabriela Duarte Bezerra, Universidade Regional do Cariri

Acadêmica de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri - URCA.

Aline Sampaio Rolim de Sena, Universidade Regional do Cariri

Acadêmica de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri - URCA

Lorena Farias Rodrigues Correia, Universidade Regional do Cariri

Acadêmica de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri - URCA

Ana Caroliny Oliveira da Silva, Universidade Regional do Cariri

Acadêmica de enfermagem da Universidade Regional Do Cariri-URCA

Kyohana Matos de Freitas Clementino, Universidade Regional do Cariri

Acadêmica de enfermagem da Universidade Regional Do Cariri-URCA

Yasmin Ventura Andrade Carneiro, Universidade Regional do Cariri

Acadêmica da Universidade Regional do Cariri - URCA

Woneska Rodrigues Pinheiro, Universidade Regional do Cariri

Professora Adjunta do Departamento de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri (URCA). Doutora em Ciências da Saúde pelo programa de Pós-graduação da Faculdade de Medicina do ABC. Líder do Grupo de Estudo e Pesquisa em Práticas Avançadas em Saúde (GEPPAS). Possui experiência profissional nos diversos níveis de atenção à saúde. Iniciando a carreira profissional pela Estratégia de Saúde da Família, atuou no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS ad) e foi pioneira na implantação dos serviços de emergência de alta complexidade e pré-hospitalar do Cariri Cearense. Possui experiência em enfermagem, docência e pesquisa, com ênfase em saúde pública; saúde das populações e seus determinantes; produção do cuidado ao paciente criticamente enfermo; emergência e UTI. É defensora irremediável e incontrolável do Sistema Único de Saúde (SUS).

Publicado
2021-02-12
Como Citar
1.
dos Santos ME, Braga S, Bezerra G, de Sena A, Correia L, da Silva AC, Clementino K, Carneiro Y, Pinheiro W. Estimativa de custos com internações de pacientes vítimas de sepse: Revisão Integrativa. REAID [Internet]. 12fev.2021 [citado 7mar.2021];95(33):e-21024. Available from: http://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/952
Seção
ARTIGO DE REVISÃO