Conhecimento dos enfermeiros de um hospital de ensino sobre manejo do cateter venoso central totalmente imolantado

Palavras-chave: Cuidados de enfermagem; Enfermagem oncológica; Cateter

Resumo

Objetivo: conhecer as ações dos enfermeiros no manejo do Cateter Venoso Central Totalmente Implantado em um hospital de ensino. Método: Trata-se de um estudo transversal, de caráter descritivo, de abordagem quantitativa. A pesquisa foi submetida ao Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Universitário Walter Cantídio, obtendo parecer favorável. A coleta de dados ocorreu com enfermeiros de uma unidade de internação para pacientes oncohematológicos de um hospital de ensino na cidade de Fortaleza-CE. Aceitaram participar da pesquisa doze enfermeiros. Resultados: A análise dos dados permitiu destacar algumas realidades no manejo do dispositivo: apenas dois enfermeiros são especialistas em oncologia, dúvidas em relação ao preparo da pele para punção do cateter e o curativo adequado, configuram-se como pontos fracos. Como pontos fortes, destaca-se: ângulo de inserção da agulha e o tipo de agulha ideal para a punção do cateter. Conclusão: Com os resultados dessa pesquisa, pode haver sensibilização da instituição para realizar treinamentos frequentes para os enfermeiros do setor e maior interesse dos profissionais no aprimoramento das ações seguras no que diz respeito a punção do cateter venoso central totalmente implantado.

Publicado
2021-01-19
Como Citar
1.
Oliveira Monteles A, Lemos Oliveira Rodrigues G, Farias Gomes A. Conhecimento dos enfermeiros de um hospital de ensino sobre manejo do cateter venoso central totalmente imolantado. REAID [Internet]. 19jan.2021 [citado 28fev.2021];95(33):e-21008. Available from: http://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/989
Seção
ARTIGO ORIGINAL