Itinerário terapêutico de pessoas diagnosticadas com câncer: aproximações e distanciamentos da rede de atenção oncológica

Itinerário terapêutico de pessoas diagnosticadas com câncer: aproximações e distanciamentos da rede de atenção oncológica


Claudia Maria Messias

Anna Clara Santiago Nunes Pinto

Mariana Araújo Pena Bastos

Eloíza Augusta Gomes

Érica Toledo de Mendonça

 

RESUMO:

O objetivo deste estudo é discutir a forma como confi gura-se o Itinerário Terapêutico de pessoas com diagnóstico
de câncer, do município da Zona da Mata Mineira. Estudo de natureza qualitativa realizado com 4 pacientes com
câncer, diagnosticados entre os anos de 2014 e 2015. Os dados foram coletados por meio de entrevista em janeiro
de 2016, e apresentados sob a forma de narrativa. Os preceitos éticos foram respeitados. A análise dos itinerários
terapêuticos permitiu perceber que o sistema de saúde apresenta difi culdades relacionadas ao diagnóstico e ações
de prevenção e promoção à saúde, ao passo que os tratamentos se apresentaram como efetivos, aproximando-se da
rede de cuidados de atenção oncológica ideal. O itinerário terapêutico permite visualizar a trajetória dos pacientes e
torna-se uma ferramenta fundamental no estabelecimento de um plano de cuidados mais efi caz pelos profi ssionais
de saúde, com destaque para a Enfermagem.

 

PALAVRAS CHAVES:

Enfermagem; Oncologia; Acesso aos Serviços de Saúde.

<< PDF>>