Presença masculina no planejamento familiar: experiências e propostas de intervenções

Presença masculina no planejamento familiar: experiências e propostas de intervenções


Maria Cristina de Melo Pessanha Carvalho

Carmen Lúcia de Paula

Ana Beatriz Azevedo Queiroz

Renata Brum Viana

Helen Campos Ferreira

 

RESUMO:

Objetiva-se apresentar as experiências vividas e propostas de ações intervencionistas em dinâmicas do planejamento familiar em uma Unidade Básica de Saúde. Trata-se de um relato de experiência, baseado na vivência de atividades
de atenção básica sobre planejamento familiar no contexto da saúde sexual e reprodutiva. O método Criativo Sensível foi utilizado para busca do conhecimento coletivo e expressão criativa. Percebeu-se a importância de desmistificar crenças distorcidas que afastam e impedem que uma parcela da população masculina planeje sua família de maneira consciente. Conclui-se que há importância em fomentar a atuação do profissional de saúde, destacando o acolhimento do sexo masculino com propostas intervencionistas, valorizando o contexto psicossocial e da subjetividade, além de considerar o homem, como ser reflexivo na decisão e escolha das alternativas de
concepção.

 

PALAVRAS CHAVES:

Planejamento Familiar; Saúde do Homem; Atenção Primária à Saúde.

<< PDF >>