FATORES DE RISCO ASSOCIADOS À DEPRESSÃO GERIÁTRICA

REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Palavras-chave: Assistência a idosos, Depressão, Fatores de Risco

Resumo

Identificar os fatores de risco para a depressão em idosos. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, realizada no mês de dezembro de 2020, por meio do Portal de Periódicos da CAPES e da base de dados MEDLINE, via plataforma PUBMED e BVS. Os critérios de inclusão foram artigos publicados entre 2015 a 2020, completos e disponíveis na íntegra, nos idiomas inglês, português e espanhol. Por conseguinte, teses, dissertações, estudos de caso, capítulos de livros e artigos duplicados foram excluídos deste estudo. A amostra final foi composta por 11 artigos. Constataram-se que os fatores de riscos para a depressão em idosos podem ser agrupados em 5 dimensões: fatores de riscos sócio demográficos; capacidade funcional prejudicada; suporte social e eventos de vida estressores; condições de saúde e nível de prática de atividade física e de lazer. Esses fatores incluíram baixo nível de escolaridade, estado civil divorciado, solteiro ou viúvo, presença de mais de uma patologia crônica, ausência de atividades sociais, de lazer e de práticas de atividades físicas. O conhecimento acerca dos fatores de risco pode auxiliar na prevenção do desenvolvimento da depressão nesta população. Destaca-se, portanto, a importância de buscar compreender e investigar os fatores que influenciam esse transtorno, a fim de direcionar ações de saúde para a promoção da qualidade de vida dos idosos.

Biografia do Autor

Ana Caroliny Oliveira da Silva, Universidade Regional do Cariri

Graduanda em Enfermagem. Universidade Regional do Cariri. Crato-Ceará, Brasil.

Gabriela Duarte Bezerra, Universidade Regional do Cariri - URCA

Graduanda em Enfermagem. Universidade Regional Do Cariri. Crato-Ceará, Brasil.

Micaelle de Sousa Silva, Universidade Regional do Cariri - URCA

Graduanda em Enfermagem. Universidade Regional Do Cariri. Crato-Ceará, Brasil.

Marcia Eduarda Nascimento dos Santos, Universidade Regional do Cariri - URCA

Graduanda em Enfermagem. Universidade Regional Do Cariri. Crato-Ceará, Brasil.

Vaneska Hellen Campos Araruna, Universidade Regional do Cariri - URCA

Graduanda em Enfermagem. Universidade Regional Do Cariri. Crato-Ceará, Brasil.

Natannael da Silva Pereira, Universidade Regional do Cariri - URCA

Graduando em Enfermagem. Universidade Regional do Cariri. Crato-Ceará, Brasil.

Aline Sampaio Rolim de Sena, Universidade Regional do Cariri - URCA

Graduanda em Enfermagem. Universidade Regional Do Cariri. Crato-Ceará, Brasil.

Vinícius Alves de Alencar Oliveira, Universidade Regional do Cariri - URCA

Graduando em Enfermagem. Universidade Regional do Cariri. Crato-Ceará, Brasil.

Vitória Ferreira Marinho, Universidade Regional do Cariri - URCA

Graduanda em Enfermagem. Universidade Regional Do Cariri. Crato-Ceará, Brasil.

Rosely Leyliane dos Santos, Universidade Regional do Cariri - URCA

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora do curso de graduação em Enfermagem da Universidade Regional do Cariri. Crato-Ceará, Brasil.

Publicado
2021-05-12
Como Citar
1.
Oliveira da Silva A, Duarte Bezerra G, de Sousa Silva M, Nascimento dos Santos M, Campos Araruna V, da Silva Pereira N, Sampaio Rolim de Sena A, Alves de Alencar Oliveira V, Ferreira Marinho V, dos Santos R. FATORES DE RISCO ASSOCIADOS À DEPRESSÃO GERIÁTRICA. REAID [Internet]. 12maio2021 [citado 14jun.2021];95(34):e-21070. Available from: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/1032
Seção
ARTIGO DE REVISÃO