OS ASPECTOS MULTIFATORIAIS DA AUTOMUTILAÇÃO NA ADOLESCÊNCIA: UMA ABORDAGEM EDUCATIVA

Palavras-chave: Automutilação; Adolescente; Saúde Mental; Promoção da Saúde.

Resumo

Introdução: A infância e a adolescência são fases do desenvolvimento humano caracterizadas por mudanças fisiológicas, psicológicas e sociais. Diante de tantas alterações, surgem sentimentos e pensamentos que podem gerar atos e consequências graves, como a automutilação, assunto que tem levantado pesquisas e debates em diferentes áreas. Objetivo: relatar a experiência sobre a realização de uma atividade com orientadores sociais, que possuiu como foco abordar a temática da automutilação no público adolescente e infantil, de modo a elaborar posteriores estratégias de prevenção que minimizem o número de casos e garantam uma melhor abordagem para lidar com a temática.  Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo, do tipo relato de experiência, realizado no Centro de Referência da Assistência Social de um município do estado do Ceará. Resultados: A realização da atividade possibilitou a visualização da automutilação como um fenômeno que vai além do contexto da saúde e que envolve um conjunto de aspectos sociais e políticos. Tendo o conhecimento de que se trata de um problema multifatorial, é essencial que todos os profissionais envolvidos trabalhem em torno de um mesmo objetivo. Considerações finais: Portanto, torna-se necessária a constante capacitação e atualização dos profissionais com relação ao tema da automutilação, de modo a proporcionar e guiar atitudes e decisões eficazes para resolução do problema e melhor acompanhamento e detecção dos casos, visto que se trata de um fenômeno ainda pouco conhecido e explorado. A atuação da equipe multidisciplinar, que inclui profissionais da saúde e da educação, é essencial na promoção do bem-estar de adolescentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-09-14
Como Citar
1.
Silva A, Felício J, de Moura I, Ferreira LC, Lima AJ, do Amaral J, Brasil E, de Sousa AA, Carvalho CM. OS ASPECTOS MULTIFATORIAIS DA AUTOMUTILAÇÃO NA ADOLESCÊNCIA: UMA ABORDAGEM EDUCATIVA. REAID [Internet]. 14set.2021 [citado 18set.2021];95(35):e-21105. Available from: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/1096