Diagnósticos de enfermagem para pacientes com tuberculose

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31011/reaid-2021-v.95-n.35-art.1111

Palavras-chave:

Tuberculose; Saúde Pública; Processo de Enfermagem; Diagnóstico de Enfermagem; Cuidados de Enfermagem.

Resumo

Objetivo: sintetizar a produção científica sobre diagnósticos de enfermagem para pacientes com tuberculose. Método: trata-se de um estudo bibliográfico, descritivo, tipo revisão integrativa da literatura, sem limite temporal, realizado por meio das bases de dados:  LILACS, BDENF, IBECS, PUBMED, Portal Periódicos Capes e na Biblioteca Virtual SciELO. Utilizou-se os descritores: “tuberculosis”; “nursing diagnosis”, “nursing process” e “nursing care”. Resultados: foram identificadas 875 publicações; após o processo de seleção resultaram três artigos como amostra final. Seguida a análise dos estudos, verificou-se 60 diagnósticos de enfermagem relacionados aos pacientes com tuberculose. Em dois artigos avaliados, a Teoria das Necessidades Humanas Básicas foi o embasamento teórico do processo de enfermagem. Constatou-se que dentre as classificações de linguagens padronizadas de enfermagem, a mais utilizada foi a CIPE, seguida pela NANDA. Houve a predominância de estudos desenvolvidos em nível de assistência terciária e de estudo de caso. Considerações finais: O enfermeiro ao aplicar o seu julgamento clínico tem autonomia de levantar para os pacientes com tuberculose diversos diagnósticos de enfermagem, utilizando-se desse instrumento de trabalho para elaboração de planos de cuidados eficazes para o público-alvo em questão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danielly Cardoso Mesquita

   

Joseilze Santos Andrade.

   

Lígia Mara Dulce Lemos

   

Publicado

19-07-2021

Como Citar

1.
Silva Santos ME, Santos LN, Mesquita DC, Andrade. JS, Lemos LMD, Pinto Silva FJC. Diagnósticos de enfermagem para pacientes com tuberculose. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 19º de julho de 2021 [citado 10º de agosto de 2022];95(35):e-021098. Disponível em: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/1111

Edição

Seção

ARTIGO DE REVISÃO