EDUCAÇÃO EM SAÚDE COM CUIDADORES INFORMAIS DE PESSOAS IDOSAS COM DOENÇA DE ALZHEIMER: PESQUISA-AÇÃO

Autores

  • Thaynara Maria Oliveira De Albuquerque Universidade Federal de Campina Grande. Centro de Formação de Professores. Unidade Acadêmica de Enfermagem. Cajazeiras, Paraíba, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-3804-3842
  • Daniele Pereira Soares Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba/Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa. Paraíba, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-8575-5880
  • Isabela Lunara Alves Barbalho Universidade Federal de Campina Grande. Centro de Formação de Professores. Unidade Acadêmica de Enfermagem. Cajazeiras, Paraíba, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-5672-4655
  • Marcelo Costa Fernandes Universidade Federal de Campina Grande. Centro de Formação de Professores. Unidade Acadêmica de Enfermagem. Cajazeiras, Paraíba, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-1626-3043

DOI:

https://doi.org/10.31011/reaid-2021-v.95-n.35-art.1142

Palavras-chave:

Cuidadores; Doença de Alzheimer; Educação em Saúde.

Resumo

Objetivo: descrever a educação em saúde com cuidadores informais de pessoas idosas com doença de Alzheimer. Método: trata-se de estudo descritivo com abordagem qualitativa, embasado na pesquisa-ação, realizado com 15 cuidadores informais do município de São José de Piranhas, Paraíba, Brasil. Para a coleta de dados foi utilizada entrevista semiestruturada, após a aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa. Utilizou-se do Discurso do Sujeito Coletivo para organização e análise dos resultados. Resultados: Observou-se que as metodologias ativas utilizadas proporcionaram espaço de troca de conhecimentos, além de modificar a percepção do cuidador sobre a Doença de Alzheimer. Considerações finais: é necessário promover a educação aos cuidadores buscando sanar as principais dificuldades em relação ao cuidado, proporcionando a ressignificação do cuidado a pessoa idosa com Doença de Alzheimer.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thaynara Maria Oliveira De Albuquerque, Universidade Federal de Campina Grande. Centro de Formação de Professores. Unidade Acadêmica de Enfermagem. Cajazeiras, Paraíba, Brasil.

Enfermeira pela Universidade Federal de Campina Grande. Pós-Graduanda em Urgência, Emergência e UTI pelo Instituto Pró Saber/Universidade Cândido Mendes.

Daniele Pereira Soares, Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba/Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa. Paraíba, Brasil.

Enfermeira. Residente pelo Programa de Residencia Multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade pela Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba/Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa. Paraíba, Brasil.

Isabela Lunara Alves Barbalho, Universidade Federal de Campina Grande. Centro de Formação de Professores. Unidade Acadêmica de Enfermagem. Cajazeiras, Paraíba, Brasil.

Graduanda em Enfermagem. Universidade Federal de Campina Grande. Membro da linha de pesquisa de Saúde Coletiva do Laboratório de Tecnologias de Informação e Comunicação em Saúde – LATICS. Cajazeiras, Paraíba, Brasil.

Marcelo Costa Fernandes, Universidade Federal de Campina Grande. Centro de Formação de Professores. Unidade Acadêmica de Enfermagem. Cajazeiras, Paraíba, Brasil.

Enfermeiro. Doutor em Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde pela Universidade Estadual do Ceará. Docente da Universidade Federal de Campina Grande. Líder do Grupo de Pesquisa Laboratório de Tecnologias de Informação e Comunicação em Saúde – LATICS. Cajazeiras, Paraíba, Brasil.

Publicado

19-07-2021

Como Citar

1.
Oliveira De Albuquerque TM, Soares DP, Alves Barbalho IL, Fernandes MC. EDUCAÇÃO EM SAÚDE COM CUIDADORES INFORMAIS DE PESSOAS IDOSAS COM DOENÇA DE ALZHEIMER: PESQUISA-AÇÃO. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 19º de julho de 2021 [citado 10º de agosto de 2022];95(35):e-021100. Disponível em: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/1142

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL