Visitas virtuais nas unidades neonatais durante pandemia Covid-19: experiência da equipe de saúde

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31011/reaid-2021-v.95-n.36-art.1177

Palavras-chave:

Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, Recém-Nascido Prematuro, Infecções por Coronavirus, Relações Mãe-Filho, Equipe de Assistência ao Paciente

Resumo

Objetivo: relatar a experiência da equipe multiprofissional na realização de visitas virtuais entre recém-nascidos internados em unidades neonatais e seus familiares durante a pandemia da Covid-19. Método: relato de experiência de profissionais de saúde que trabalham em unidades neonatais de uma maternidade em Fortaleza, Ceará, Brasil, sobre a realização de visitas virtuais entre recém-nascidos internados em unidades neonatais e seus familiares. A visita virtual ocorreu no período de abril a junho de 2020 através de videochamada por meio do aplicativo WhatsApp, sendo utilizado um tablet institucional. Resultados: durante as videochamadas, foi possível perceber a satisfação das mães ao olhar e dialogar com seus filhos, os quais se manifestavam por meio da movimentação, das expressões e reações diante da interação com sua genitora. A equipe multidisciplinar vivenciou momentos de emoção e satisfação ao poder manter vivo o vínculo mãe-filho. Considerações Finais: as visitas virtuais realizadas com auxílio da tecnologia possibilitaram à equipe multidisciplinar o incremento da aproximação mãe-filho, sendo uma experiência capaz de subsidiar outras instituições para o desenvolvimento de ações efetivas e humanizadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rebeca Silveira Rocha, Universidade Federal do Ceará

Enfermeira. Doutora em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Ceará. 

Publicado

16-10-2021

Como Citar

1.
Chaves AFL, Rocha RS, Gomes MCR, Leonacio M do S, Cavalcante MA, Medeiros PM de, Sales NI da S. Visitas virtuais nas unidades neonatais durante pandemia Covid-19: experiência da equipe de saúde. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 16º de outubro de 2021 [citado 1º de outubro de 2022];95(36):e-021150. Disponível em: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/1177