Excesso de peso e qualidade de vida relacionada à saúde em adolescentes: uma revisão sistemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31011/reaid-2022-v.96-n.38-art.1226

Palavras-chave:

Adolescente, Qualidade de Vida, Estado Nuticional, Obesidade, Saúde

Resumo

Objetivo: avaliar criticamente e conduzir uma síntese dos resultados de diversos estudos primários no que se refere à associação entre excesso de peso e qualidade de vida entre adolescentes. Método: revisão sistemática de literatura, cuja pergunta foi definida através da estratégia PECO e a elaboração do manuscrito foi baseada no PRISMA.  As bases de dados pesquisadas foram PubMed (US National Library of Medicine National Institutes of Health), Lilacs (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde), Scopus e Science Direct. Resultados: um total de 34 artigos foram selecionados, sendo que 97% deles apresentaram amostras internacionais. O excesso de peso esteve associado ao declínio da qualidade de vida relacionada à saúde em 94% das publicações, predominantemente nos domínios físico e psicossocial. Conclusão: o excesso de peso impacta negativamente na qualidade de vida relacionada à saúde em adolescentes. São imperativos investimentos em políticas públicas que favoreçam a prevenção da obesidade entre adolescentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2022-05-11

Como Citar

1.
Sousa PHA de, Diniz IA, Carlos F de M, Otoni A, Carmo AS do, Romano MCC. Excesso de peso e qualidade de vida relacionada à saúde em adolescentes: uma revisão sistemática. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 11º de maio de 2022 [citado 16º de maio de 2022];96(38):e-021233. Disponível em: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/1226

Edição

Seção

ARTIGO DE REVISÃO