LESÕES POR PRESSÃO E OS DESAFIOS FRENTE À PANDEMIA DE COVID-19

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31011/reaid-2022-v.96-n.38-art.1336

Palavras-chave:

Lesão por pressão, COVID-19, Dermatologia

Resumo

RESUMO. OBJETIVO: Analisar na literatura científica as evidências sobre lesão por pressão em pacientes adultos internados com COVID-19. MÉTODO: Revisão integrativa de artigos publicados nas bases Medical Literature Analysis and Retrieval System Online, Literatura latino-americana e do caribe de informações em ciências da saúde, base de dados de Enfermagem, Biblioteca virtual em saúde e cumulative index to nursing and Allied Health Literature, nos idiomas português, inglês e espanhol. RESULTADOS: Identificou-se 76 artigos, dos quais 13 atenderam aos critérios de inclusão. Agrupou-se os artigos em lesão por pressão em posição prona, lesão por pressão relacionado a dispositivo médico e lesão por pressão em região glútea/sacral. As recomendações para lesão por pressão prona foram: avaliação frequente das principais áreas submetidas a pressão; manutenção da pele limpa e hidratada, descarga de pressão facial, mudanças de decúbito com rodiziamento dos membros e uso de coberturas protetivas. Os achados de lesão por pressão sacral e glútea evidenciam uma relação entre as alterações trombogênicas e a ocorrência de lesão por pressão nestes pacientes, identificadas geralmente região sacral/glútea e demonstraram aspectos isquêmicos. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Acredita-se que a síntese das evidências e recomendações aqui delineadas possam contribuir para a melhora da assistência aos pacientes com COVID-19 em risco de desenvolvimento de lesão por pressão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2022-05-23

Como Citar

1.
Dalvi Armond Rezende L, de Souza Silva Freitas P, de Jesus Silva KE, de Souza Catabriga D, Araújo dos Santos R, Nogueira PC, Caniçali Primo C, de Oliveira Ramalho A. LESÕES POR PRESSÃO E OS DESAFIOS FRENTE À PANDEMIA DE COVID-19. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 23º de maio de 2022 [citado 29º de junho de 2022];96(38):e-021253. Disponível em: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/1336

Edição

Seção

ARTIGO DE REVISÃO