(DES)CONHECIMENTO DE ENFERMEIROS NO MANEJO DA VENTILAÇÃO MECÂNICA INVASIVA: REVISÃO INTEGRATIVA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31011/reaid-2023-v.97-n.1-art.1569

Palavras-chave:

Enfermagem, Respiração Artificial, Conhecimento, Cuidados Críticos

Resumo

Objetivos: Identificar e analisar o (des)conhecimento de enfermeiros quanto ao manejo da ventilação mecânica invasiva. Método: Trata-se de uma revisão integrativa realizada em quatro bases de dados utilizando os descritores “mechanical ventilation”, “nursing”, “knowledge”, “lack of knowledge”  (idioma inglês) e “ventilação mecânica”, “enfermagem” e “conhecimento” (idioma português); perfazendo uma amostra final de 12 artigos. Resultados: Foram identificados déficits de conhecimento relacionados a estratégias de proteção pulmonar, ao ajuste de parâmetros e de modos ventilatórios e ao reconhecimento de complicações relacionadas à ventilação mecânica. Além disso, constatou-se falta de competência de coordenação de cuidados de enfermagem e participação mínima do enfermeiro nas decisões relacionadas à ventilação mecânica.  Conclusão: A assistência ventilatória é um desafio para o enfermeiro pois requer conhecimentos teóricos e práticos específicos. Há a necessidade de se investir no aprimoramento destes conhecimentos para melhorar a qualidade do atendimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

26-01-2023

Como Citar

1.
Sabeh ACB, Silva DC da, Wysocki AD, Santos MA dos, Barcelos L da S, Dos-Santos EM. (DES)CONHECIMENTO DE ENFERMEIROS NO MANEJO DA VENTILAÇÃO MECÂNICA INVASIVA: REVISÃO INTEGRATIVA. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 26º de janeiro de 2023 [citado 21º de fevereiro de 2024];97(1):e023021. Disponível em: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/1569

Edição

Seção

ARTIGO DE REVISÃO