CARACTERÍSTICAS SOCIODEMOGRÁFICAS DE MULHERES COM CÂNCER DE MAMA E FERIDAS EXOFÍTICAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31011/reaid-2023-v.97-n.4-art.1982

Palavras-chave:

Neoplasias, Enfermagem, Ferida Tumoral

Resumo

Resumo: Câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células anormais da mama. Diversas complicações podem ocorrer no decorrer da doença, como a ferida neoplásica. Essas feridas ocorrem pela infiltração das células malignas nas estruturas da pele, resultando na formação de uma ferida exofítica. Objetivo: Descrever a incidência de paciente com câncer de mama com presença de feridas exteriorizadas. Método: Pesquisa documental retrospectiva descritiva quantitativa. A população do estudo são mulheres com câncer de mama e ferida tumoral que foram atendidas no setor de triagem. Foram analisados dados do prontuário eletrônico do ano de 2022. A coleta foi realizada a partir de fontes secundárias da primeira evolução médica. Resultados: Dos prontuários analisados, 66 apresentavam lesão tumoral. No quesito cor, 22 mulheres eram brancas e 44 pretas e pardas. Sobre o estado civil, 36 eram solteiras, 17 casadas, 3 divorciadas e 10 viúvas. No quesito escolaridade, 15 possuíam ensino fundamental incompleto, 6 tinham ensino fundamental completo, 3 com ensino médio incompleto, 8 com ensino médio completo, 31 não tinham informações sobre escolaridade e 3 com nível superior completo. Sobre a religiosidade, 62 eram cristãs e 4 ateias. Em relação à naturalidade, 41 eram naturais do Rio de Janeiro, 8 naturais da Baixada Fluminense, 10 naturais do Nordeste, 5 do Sudeste, exceto Rio de Janeiro, 1 do Centro-Oeste e 1 do Norte. Conclusão: Conhecer essas características implica nas ações de promoção da saúde e prevenção da doença relacionada ao câncer de mama.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva. O que é câncer? [Internet]. Rio e Janeiro: INCA; 2022 [citado 2023 Maio 02]. Disponível em: https://www.gov.br/inca/pt-br/assuntos/cancer/o-que-e-cancer.

Sung H, Ferlay J, Siegel RL, Laversanne M, Soerjomataram I, Jemal A, et al. Global cancer statistics 2020: GLOBOCAN estimates of incidence and mortality worldwide for 36 cancers in 185 countries. CA: a cancer j clin [Internet]. 2021 [citado 2023 Maio 02];71(3):209-49. doi: 10.3322/caac.21660 DOI: https://doi.org/10.3322/caac.21660

Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva. INCA estima 704 mil casos de câncer por ano no Brasil até 2025. [Internet]. Rio e Janeiro: INCA; 2022 [citado 2023 Maio 02]. Disponível em: https://www.gov.br/inca/pt-br/assuntos/noticias/2022/inca-estima-704-mil-casos-de-cancer-por-ano-no-brasil-ate-2025.

Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva. Câncer de mama. [Internet]. Rio e Janeiro: INCA; 2022 [citado 2023 Maio 02]. Disponível em: https://www.gov.br/inca/pt-br/assuntos/cancer/tipos/mama.

Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva. Câncer de mama, detecção precoce. [Internet]. Rio e Janeiro: INCA; 2022 [citado 2023 Maio 02]. Disponível em: https://www.gov.br/inca/pt-br/assuntos/cancer/tipos/mama.

Bernardino LDL, Matsubara MDGS. Construção de um instrumento para avaliação do conhecimento sobre ferida neoplásica maligna. Rev Bras Cancerol [Internet]. 2022 [citado 2023 Maio 02];68(1). doi: 10.32635/2176-9745.RBC.2022v68n1.1377 DOI: https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2022v68n1.1377

Souza MADO, Souza NRD, Melo JTDS, Xavier MACA, Almeida GLD, Santos ICRV. Escalas de avaliação de odor em feridas neoplásicas: uma revisão integrativa. Rev Bras Enferm [Internet]. 2018 [citado 2023 Maio 02];71(5):2552-60. doi: 10.1590/0034-7167-2017-0428 DOI: https://doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0428

Ministério da Saúde (BR). Portaria 2048, de 5 de novembro de 2002. Aprova o Regulamento Técnico dos Sistemas Estaduais de Urgência e Emergência. (ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR). [Internet]. Brasília, DF: Diário Oficial da União, n. 219; 12 nov. 2002. Seção 1, p. 32-542002. [citado 2023 Maio 02]. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2002/prt2048_05_11_2002.html

Agra G, Medeiros MVDS, Brito DTFD, Pimentel ERS, Formiga NS, Costa MML. Conhecimento e prática de enfermeiros no controle da dor de pacientes com feridas neoplásicas. Enferm Bras [Internet]. 2019 [citado 2023 Maio 02];18(1):3-11. doi: 10.33233/eb.v18i1.1039 DOI: https://doi.org/10.33233/eb.v18i1.1039

Faria RP, Fuly PDSC, Santos MLSCD, Camacho ACLF, Moraes EBD, Braga KVDA. Conhecimento do enfermeiro sobre ferida tumoral: uma revisão de escopo. RSD [Internet]. 2022 [citado 2023 Maio 02];11(6):e57911629546. doi: 10.33448/rsd-v11i6.29546 DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v11i6.29546

Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva. Câncer de mama: o que aumenta o risco? [Internet]. Rio de janeiro: INCA; 2022 [citado 2023 Maio 02]. Disponível em: https://www.gov.br/inca/pt-br/assuntos/cancer/tipos/mama

Assis EAD, Barreto MDL, Lima KBE. Perfil sociodemográfico do câncer de mama na Bahia nos anos de 2013 a 2018. Textura [Internet]. 2019 [citado 2023 Maio 02];13(21):104-13. doi: 10.22479/desenreg2019v13n21p104-113 DOI: https://doi.org/10.22479/desenreg2019v13n21p104-113

Rocha ME, Silva LND, Soares PR, Pacheco Filho RT, Queiroz VCJ, Eleutério TDP, et al. Câncer de mama: caracterização quanto a idade e aos aspectos tumorais (tipo de tumor e extensão). Braz J Develop [Internet]. 2020 [citado 2023 Maio 02];6(1):2375-87. doi: 10.34117/bjdv6n1-175 DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n1-175

Cavalcante JAG, Batista LM, Assis TSD. Câncer de mama: perfil epidemiológico e clínico em um hospital de referência na Paraíba. SANARE [Internet]. 2021 [citado 2023 Maio 02];20(1). doi: 10.36925/sanare.v20i1.1546 DOI: https://doi.org/10.36925/sanare.v20i1.1546

Santos TBD, Borges AKDM, Ferreira JD, Meira KC, Souza MCD, Guimarães RM, et al. Prevalência e fatores associados ao diagnóstico de câncer de mama em estágio avançado. Ciênc saúde coletiva [Internet]. 2022 [citado 2023 Maio 02];27(2):471–82. doi: 10.1590/1413-81232022272.36462020 DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232022272.36462020

Rodrigues GM, Carmo CND, Bergmann A, Mattos IE. Desigualdades raciais no estadiamento clínico avançado em mulheres com câncer de mama atendidas em um hospital de referência no Rio de Janeiro, Brasil. Saude soc [Internet]. 2021 [citado 2023 Maio 02];30(3):e200813. doi: 10.1590/S0104-12902021200813 DOI: https://doi.org/10.1590/s0104-12902021200813

Brito DTFD, Pereira IKC, Agra G, Macêdo EDL, Dantas JS, Almeida TLDC. Feridas neoplásicas em pacientes com câncer de mama. Enferm Bras [Internet]. 2018 [citado 2023 Maio 02];17(6):606-18. doi: 10.33233/eb.v17i6.2063 DOI: https://doi.org/10.33233/eb.v17i6.2063

Araújo IMDA, Fernandes AFC. O significado do diagnóstico do câncer de mama para a mulher. Esc Anna Nery [Internet]. 2008 [citado 2023 Maio 02];12(4):664-71. doi: 10.1590/S1414-81452008000400009 DOI: https://doi.org/10.1590/S1414-81452008000400009

Procópio AMM, Nascimento BMD, Hoyashi CMT, Canavez MF, Pereira RMDS, Oliveira VCDS. Câncer de mama: conhecimento de mulheres sobre fatores de risco e rastreamento. RSD [Internet]. 2022 [citado 2023 Maio 02];11(3):e38311326438. doi: 10.33448/rsd-v11i3.26438. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v11i3.26438

Borges MG, Anjos ACYD, Campos CS. Espiritualidade e religiosidade como estratégias de enfrentamento do câncer de mama: revisão integrativa da literatura. BJHR [Internet]. 2021 [citado 2023 Maio 02];4(1):1002-21. doi: 10.34119/bjhrv4n1-088 DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-088

Bittar CM, Cassiano RL, Silva LN. Espiritualidade e religiosidade como estratégia de enfrentamento do câncer de mama: relato de um grupo de paciente. Mudanças, Psicol. Saúde. 2018 [citado 2023 Maio 02];26(2):25-31. doi: 10.15603/2176-1019/mud.v26n2p25-31 DOI: https://doi.org/10.15603/2176-1019/mud.v26n2p25-31

Saldanha RDF, Xavier DR, Carnavalli KDM, Lerner K, Barcellos C. Estudo de análise de rede do fluxo de pacientes de câncer de mama no Brasil entre 2014 e 2016. Cad Saúde Pública [Internet]. 2019 [citado 2023 Maio 02];35(7):e00090918. doi: 10.1590/0102-311X00090918 DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311x00090918

Publicado

06-10-2023

Como Citar

1.
Conte B, dos Santos LM, Lima Ceccon D, Glauco de Cunto Carelli Taets G. CARACTERÍSTICAS SOCIODEMOGRÁFICAS DE MULHERES COM CÂNCER DE MAMA E FERIDAS EXOFÍTICAS. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 6º de outubro de 2023 [citado 15º de julho de 2024];97(4):e023182. Disponível em: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/1982

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL