Estratégias educativas para pessoas com estomia intestinal: revisão integrativa

Educational strategies for people with ostomy bowel: integrative review

  • Adriana Rodrigues Alves de Sousa
  • Luciana Catunda Gomes de Menezes
  • Sara Machado Miranda
  • Tamires Barradas Cavalcante

Resumo

Objetiva-se analisar o conhecimento científico sobre as estratégias educativas empregadas pela enfermagem para o
ensino-apredizagem das pessoas com estomia intestinal. Trata-se de uma revisão integrativa realizada nas bases de
dados PubMed, LILACS e CINAHL, entre 1996 a 2014. Obteve-se amostra de 11 estudos. O Brasil liderou o numero de
publicações e dos artigos incluídos na revisão e todos foram publicados em periódicos de enfermagem. Estes dados
revelam o envolvimento dos enfermeiros com a temática em questão. O uso de tecnologias educativas foi identificado em
sete estudos que desenvolveram atividades de cunho individual e/ou em grupo por meio de uma abordagem interativa.
Foi realizada em consultas ambulatoriais ou apenas pela distribuição de materiais educativos, como: cartilhas, materiais
educativos impressos, cursos on-line e programas multimídias, intensificando os cuidados com pele periestoma e/ou
reforçando os cuidados gerais. Para que o processo de ensino aprendizagem seja efetivo no campo da saúde, os recursos
didáticos empregados devem capacitar e motivar os pacientes com vistas a conseguirem incorporar novos significados,
propiciando mais autonomia. Esta revisão permitiu identificar que estratégias de educação com o uso de tecnologias
educativas são mais consistentes nas mensagens transmitidas ocasionando rápida mudança de comportamento.
Palavras-chave: Estomia; Educação em Saúde; Materiais de Ensino.
ABSTRACT
The study aimed to analyze the scientific knowledge of the educational strategies used by nurses for teachinglearning programs for ostomy people. This is an integrative review carried out in the databases: PubMed,
LILACS, SciELO and CINAHL from 1996 to 2014, was obtained sample of 11 studies. Brazil led the the number
of publications and articles included in the review (11-100%) were published in magazines in general nursing
journals. These data reveal the nurses’ involvement with the questioned theme. It was carried out in outpatient
clinics or only through the distribution of educational materials, such as: booklets, printed educational materials,
online courses and multimedia programs, intensifying peristaltic skin care and / or reinforcing general care.
In order for the teaching-learning process to be effective in the health field, the didactic resources employed
must enable and motivate patients in order to incorporate new meanings, providing more autonomy. This review
identified that education strategies with the use of educational technologies are more consistent in the messages
transmitted causing rapid change of behavior.
Keywords: Stoma; Health education; Teaching Materials.

Publicado
2019-04-08
Como Citar
1.
Sousa ARA de, Menezes LCG de, Miranda SM, Cavalcante TB. Estratégias educativas para pessoas com estomia intestinal: revisão integrativa. REAID [Internet]. 8abr.2019 [citado 14jun.2021];81(19). Available from: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/325