Perfil epidemiológico e autoestima de pacientes queimados Hospital de referência

Epidemiological profile and self-esteem in burn patients in a reference hospital

  • Sandra Renata Pinatti de Moraes Universidade Estadual de Londrina - UEL; Universidade Federal de São Paulo -UNIFESP https://orcid.org/0000-0003-2265-5449
  • João Fernando Marcolan Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP
Palavras-chave: queimados, cuidado em enfermagem, saúde mental, autoestima, enfermagem.

Resumo

Objetivo: Analisar perfil sociodemográfico e autoestima em pacientes queimados de hospital referência.
Método: Pesquisa quantitativa, realizada com 20 pacientes no centro de queimados de hospital público entre janeiro de 2017 a dezembro 2018. Utilizou-se questionário semiestruturado para caracterização de perfil, Escala de Autoestima de Rosenberg na alta hospitalar ou primeiro retorno após alta.

Resultado: Maioria do sexo masculino (75%), média de idade 39,49 anos, casados (65%), com rede social comunitária (60%), acidente doméstico em 50% dos casos, queimaduras 2º grau (65%). Média 43[34-58] dias internados, agente predominante o fogo (30%). Melhores escores de autoestima presentes em pacientes do sexo masculino, até 41 anos, casado e com acesso as redes sociais.

Conclusão: Ser do sexo masculino, casado e ter redes sociais teve melhores escores para autoestima em pacientes internados por queimaduras em sua maioria por acidente doméstico, com fogo, queimaduras de segundo grau em 15 a 30% de área corporal queimada.

Publicado
2019-12-22
Como Citar
1.
Pinatti de Moraes S, Marcolan J. Perfil epidemiológico e autoestima de pacientes queimados Hospital de referência. REAID [Internet]. 22dez.2019 [citado 30nov.2020];90(28). Available from: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/474