Gestão do cuidado a usuários com feridas crônicas na Atenção Básica

Care management to chronic wound carriers in Primary Health Care

Palavras-chave: Ferimentos e Lesões, Casos Crônicos, Atenção Primária à Saúde

Resumo

Objetivo: Caracterizar o perfil dos usuários portadores de lesões crônicas e o perfil de cuidados implementados a estes sujeitos por uma Unidade Básica de Saúde com Estratégia Saúde da Família. Metodologia: Pesquisa documental, descritiva, exploratória e de abordagem quantitativa em que se estudou dados referentes ao processo de cuidado a portadores de feridas crônicas em uma Unidade Básica de Saúde. Foram analisados, retrospectivamente, dados de agosto de 2017 a julho de 2018. Resultados: O publico era predominantemente idoso e discretamente feminino, no qual havia uma alta carga de doenças crônicas. Do total, 56,7% apresentavam lesões vasculares, que em 46,7% exibiam tecido de granulação e 63,3% manifestava infecção ou colonização. O cuidado foi realizado em 96,7% dos casos nos consultórios e na sala de curativos da unidade de saúde. A maior parte das coberturas especiais (62,5%) esteve ausente em algum intervalo de tempo no período estudado. Conclusões: Evidenciou-se a necessidade de fortalecimento do papel da atenção básica no manejo das lesões crônicas, bem como a relevância do abastecimento efetivo de insumos para redução da fragmentação do cuidado.

Biografia do Autor

Denis Fernandes da Silva Ribeiro, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Enfermeiro. Especialista em Saúde da Família, nos moldes de residência pela Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (Ensp/FIOCRUZ). Pós graduado em Gestão de Redes de Atenção à Saúde pela Ensp/FIOCRUZ, em Gestão em Saúde Pública pela UFF e em Micropolítica da Gestão e Trabalho em Saúde pela UFF. Enfermeiro do Complexo Hospitalar de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (CHC/UFPR).

Publicado
2019-12-23
Como Citar
1.
Ribeiro D. Gestão do cuidado a usuários com feridas crônicas na Atenção Básica. REAID [Internet]. 23dez.2019 [citado 30nov.2020];90(28). Available from: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/503