Condutas de enfermagem aplicadas ao paciente com infarto agudo do miocárdio no pré-hospitalar

  • Francisco Mayron Morais Soares Faculdade UNINTA Itapipoca
  • Edson Juvena Silva Neto Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMUFOR
  • Kirley Kethellen Batista Mesquita Universidade Federal do Ceará
  • Elison Denis Soriano Soares Faculdade UNINTA Itapipoca. Bolsista de Iniciação Científica - GEPATE
  • Davi Santos Magalhães Faculdade UNINTA Itapipoca. Bolsista de Iniciação Científica - GEPATE
  • Eryka Maria Rodrigues Pereira Faculdade UNINTA Itapipoca
  • Glaucirene Siebra Moura Ferreira Faculdade UNINTA Itapipoca
  • Tatyane Oliveira Rebouças Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará
  • Samylle Barbosa Veras Ferro Faculdade UNINTA Itapipoca
Palavras-chave: Infarto do Miocárdio; Serviços Médicos de Emergência; Cuidados de enfermagem.

Resumo

O presente estudo teve como objetivo identificar na literatura o perfil epidemiológico de paciente com infarto agudo do miocárdio atendidos e transportados por enfermeiros. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, com a metodologia proposta pelo Instituto Joanna Briggs (JBI), com busca nas bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, National Library of Medicine, Scopus, Scientific Electronic Library Online e BDENF. Foram analisados 25 estudos, que atenderam os critérios de inclusão estabelecidos. Entre os diversos ganhos obtidos, destaca-se a atuação do enfermeiro na melhoria da prática clínica, a ampliação do conhecimento pelo enfermeiro especialista e uma melhoria do trabalho em equipe. As evidências demonstram a ampla possibilidade de atuação do enfermeiro na assistência de enfermagem aos pacientes com infarto do miocárdio.

Publicado
2020-06-30
Como Citar
SOARES, F. M.; SILVA NETO, E. J.; MESQUITA, K. K.; SOARES, E. D.; MAGALHÃES, D.; PEREIRA, E. M.; FERREIRA, G. S.; REBOUÇAS, T.; VERAS FERRO, S. Condutas de enfermagem aplicadas ao paciente com infarto agudo do miocárdio no pré-hospitalar. Revista Enfermagem Atual In Derme, v. 92, n. 30, 30 jun. 2020.
Seção
ARTIGOS DE REFLEXÃO