PREVALÊNCIA E FATORES ASSOCIADOS À VULNERABILIDADE EM IDOSOS: UMA REVISÃO

  • Orlete Donato de Oliveira Faculdade Panamericana de Ji-paraná / UNIJIPA
  • Ezequiel Kleber Carpes Menezes
  • Luiz Carlos Porcello Marrone
  • Maria Isabel Morgan Martins
Palavras-chave: Vulnerabilidade, Idoso, Envelhecimento.

Resumo

Trata-se de uma revisão de literatura, de 13 publicações, objetivando identificar a prevalência de vulnerabilidade em idosos e fatores associados. A busca foi realizada nas plataformas Portal CAPES, BVS Saúde e PUBMED, durante o período de 10 e 13 de março de 2020. Os resultados deste estudo demonstraram que a prevalência de vulnerabilidade oscilou de 32% entre idosos da comunidade até 89% entre os idosos hospitalizados. Sendo as principais variáveis associados à presença de vulnerabilidade: fatores sociodemográficos (idade, sexo, escolaridade), funcionais (incapacidade funcional), psicoemocionais (delirium, tristeza, desânimo, depressão, declínio cognitivo), autopercepção de saúde, doença cardíaca, polifarmácia e limitações sensoriais.

Publicado
2021-05-15
Como Citar
1.
Oliveira O, Menezes EK, Marrone LC, Martins MI. PREVALÊNCIA E FATORES ASSOCIADOS À VULNERABILIDADE EM IDOSOS: UMA REVISÃO. REAID [Internet]. 15maio2021 [citado 14jun.2021];95(34):e-21071. Available from: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/807
Seção
ARTIGO DE REVISÃO