VIGILÂNCIA DE CONTATOS DOMICILIARES DE USUÁRIOS COM HANSENÍASE MENORES DE QUINZE ANOS EM MUNICÍPIO HIPERENDÊMICO

  • Débora Aparecida da Silva Santos Universidade Federal de Rondonópolis
  • Salete Barbosa dos Santos Universidade Federal de Rondonópolis
  • Naira Rubia da Silva Ribeiro Universidade Federal de Rondonópolis
  • Letícia Silveira Goulart Universidade Federal de Rondonópolis
  • Magda de Mattos
  • Lorena Araújo Ribeiro Universidade Federal de Rondonópolis
  • Ricardo Alves de Olinda
Palavras-chave: Hanseníase; Vigilância; Epidemiologia; Saúde Pública; Menores de Idade.

Resumo

Objetivo: Analisar ações de vigilância de saúde dos contatos domiciliares de usuários com hanseníase menores de quinze anos. Métodos: Estudo de campo, transversal, descritivo com abordagem quantitativa. A amostra foram contatos domiciliares dos menores de quinze anos com hanseníase em Rondonópolis (MT) 2009 a 2018. Aplicou-se questionário estruturado com variáveis sociodemográficas e ações da vigilância de contatos. A análise dos dados foi realizada por meio do Software R e testes qui-quadrado de aderência e Exato de Fisher. Resultados: Em relação às ações de vigilância prevaleceram: tempo de contato acima de dez anos (69,64%); uma cicatriz da vacina BCG (57,14%); não receberam a vacina (86,61%). Quanto ao exame dermatológico, a maioria foi realizado completo (66,07%); já o neurológico não foi realizado (80,36%). Houve diferença estatística para todas variáveis de vigilância dos contatos domiciliares. Conclusão: Através dos dados da vigilância de contatos no município, observa-se que ainda é realizada de forma incompleta.

Biografia do Autor

Salete Barbosa dos Santos, Universidade Federal de Rondonópolis

Graduanda, Bolsista de Iniciação Científica pelo CNPQ, Curso de Enfermagem, Universidade Federal de Rondonópolis (UFR). Avenida dos Estudantes, n 5.055, CEP 78736-900 Bairro Cidade Universitária, Rondonópolis-MT. (66) 34104093. E-mail: salete_venancia@hotmail.com ORCID: https://orcid.org/0000-0002-6447-2790

 

Naira Rubia da Silva Ribeiro, Universidade Federal de Rondonópolis

Graduanda, Bolsista de Iniciação Científica pelo CNPQ, Curso de Enfermagem, Universidade Federal de Rondonópolis (UFR). Avenida dos Estudantes, n 5.055, CEP 78736-900 Bairro Cidade Universitária, Rondonópolis-MT. (66) 34104093. E-mail: nairarubia87@gmail.com ORCID: https://orcid.org/0000-0001-9584-3702

 

Letícia Silveira Goulart, Universidade Federal de Rondonópolis

Farmacêutica, Doutora, Professora, Associada I, Curso de Enfermagem, Universidade Federal de Rondonópolis, Brasil. lgoulart77@yahoo.com.br. orcid: http://orcid.org/0000-0003-1452-4908

Magda de Mattos

Enfermeira. Doutora, Professora, Adjunto III, Curso de Enfermagem, Universidade Federal de Rondonópolis, Brasil. Avenida dos Estudantes, n 5.055, CEP 78736-900 Bairro Cidade Universitária, Rondonópolis-MT. (66) 34104093. E-mail: magda_roo@hotmail.com. ORCID: https://orcid.org/0000-0001-8330-1084

 

Lorena Araújo Ribeiro, Universidade Federal de Rondonópolis

Enfermeira. Doutora, Professora, Adjunto III, Curso de Enfermagem, Universidade Federal de Rondonópolis, Brasil. Avenida dos Estudantes, n 5.055, CEP 78736-900 Bairro Cidade Universitária, Rondonópolis-MT. (66) 34104093. E-mail: lorenaenfermeira@hotmail.com

Ricardo Alves de Olinda

Estatístico. Doutor em Estatística, Professor Adjunto, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Rua Baraúnas, 351-Bairro Universitário. CEP: 58429-500, Campina Grande-PB. (83) 3315-3459. E-mail: ricardo.estat@yahoo.com.br. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-0509-8428

 

Publicado
2021-04-01
Como Citar
1.
Santos DA da, Santos S, Ribeiro N, Goulart L, Mattos M, Ribeiro L, Olinda R. VIGILÂNCIA DE CONTATOS DOMICILIARES DE USUÁRIOS COM HANSENÍASE MENORES DE QUINZE ANOS EM MUNICÍPIO HIPERENDÊMICO. REAID [Internet]. 1abr.2021 [citado 16abr.2021];95(34):e-21027. Available from: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/831
Seção
ARTIGO ORIGINAL