Consultório Na Rua: percepções de pessoas atendidas pela equipe multiprofissional

Palavras-chave: Vulnerabilidade. Atenção integral à saúde. Equipe de assistência ao paciente. População em situação de rua.

Resumo

O estudo teve como objetivo conhecer as percepções e sobre o atendimento oferecido pela equipe multiprofissional aos usuários atendidos pelo programa Consultório na Rua. Trata-se de uma pesquisa exploratória descritiva com abordagem qualitativa, realizada no período de janeiro a maio de 2019 em Imperatriz-MA. A população abrangida pelo estudo foram os pacientes atendidos, abordados durante os atendimentos pela equipe multiprofissional, com amostra final de 16 pacientes. Os dados foram coletados através de entrevista semiestruturada e analisados empregando o método de análise de conteúdo temática, subsidiada pelo software Atlas.ti. Os resultados do estudo foram estruturados em três categorias: Acesso ao serviço; Acolhimento e satisfação dos usuários; e Expectativas frente aos serviços ofertados. O compromisso da equipe e os entraves administrativos foram mencionados, assim como o acolhimento presente, fator que fortalece o vínculo entre equipe/paciente. Concluiu-se que os sujeitos do estudo apresentaram-se satisfeitos com os atendimentos realizados avaliando a estratégia do programa de forma posi­tiva, mas queixaram-se da falta de continuidade e periodicidade da assistência que receberam.

Biografia do Autor

Floriacy Stabnow Santos, Dra., Universidade Federal do Maranhão

Enfermeira, Doutora em Ciências, Professora Adjunta da Universidade Federal do Maranhão no Curso de Graduação em Enfermagem e na Pós-Graduaçã em Saúde e Tecnologia.

Kelli Carvalho de Oliveira, Sra., Universidade Federal do Maranhão

Possui graduação em enfermagem pela Universidade Federal do Maranhão

Elisangela Viana Brito, Sra., Universidade Federal do Maranhão

Possui graduação em enfermagem pela Universidade Federal do Maranhão

Laise Sousa Siqueira, Sra., Universidade Federal do Maranhão

Enfermeira, Especialista em Saúde da Família. Discente do Programa de Pós-graduação em Saúde e Tecnologia da Universidade  Federal do Maranhão.

Livia Maia Pascoal, Dra., Universidade Federal do Maranhão

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Adjunta da Universidade Federal do Maranhão nos Cursos de Graduação em Enfermagem e da ´Pós-graduação em Saúde e Tecnologia e da Pós-graduação em Enfermagem.

Jacks Soratto, Dr., Universidade do Extremo Sul Catarinense

Enfermeiro, Doutor em Enfermagem. Professor Adjunto da Universidade do Extremo Sul Catarinense no curso de Graduação em em enfermagem, medicina, residência multiprofissional em atenção básica/saúde da família, saúde coletiva e do Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva [mestrado profissional].

Marcelino Santos Neto, Dr., Universidade Federal do Maranhão

Farmacêutico Bioquímico, Doutor em Ciências. Professor Adjunto da Universidade Federal do Maranhão nos Cursos de Graduação em Enfermagem e da Pós-graduação em Saúde e Tecnologia e da Pós-graduação em Enfermagem.

Publicado
2021-05-16
Como Citar
1.
Santos F, de Oliveira K, Brito E, Siqueira L, Pascoal L, Soratto J, Neto M. Consultório Na Rua: percepções de pessoas atendidas pela equipe multiprofissional. REAID [Internet]. 16maio2021 [citado 14jun.2021];95(34):e-21075. Available from: https://revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/1024
Seção
ARTIGO ORIGINAL